We have much to say

as versões do “Victory”

By Postado em - Victory on maio 19th, 2016 0 Comments WIZARD_SERRANO_AMPS (10)

O modelo “Victory” é sem dúvida o mais famoso modelo da linha Serrano Amps por sua incrível versatilidade, atendendo a todos gêneros musicais.
Algumas versões do Victory, contudo, possuem características ou incrementos especiais e/ou singulares.
Qualquer modelo Victory pode também ser feito como cabeçote.
Segue abaixo todos modelos com suas principais características.

- Victory 45
É o modelo padrão, com o clássico painel de 4 input (entradas) e dois controles de volume independentes, um para canal normal e outro para canal “bright”.
pode ser feito com circuitos:
– “fender bassman 1959″ com duas válvulas de potência 6L6GC
– Marshall JTM45, com duas válvulas KT66
– Marshall JMP 50 Lead 1987 (igual ao Super Lead, porém com 50w) este modelo é igual também ao primeiro JCM800, de 4 input, feito pela Marshall em 1981.

Victory_40_Rectifier_003_site

- Victory 90, idêntico ao Victory 45, porém com o dobro de potência.
Possui 4 válvulas de potência conforme o modelo escolhido.
Somente na versão cabeçote.

victory90002

- Victory 90 SW
Este é o “Switchable Wattage”
Possui um circuito inédito de troca de potência que mantém todas válvulas do amp trabalhando, embora o circuito envie o sinal do pré-amplificador para TODAS ou apenas para DUAS das 4 válvulas de potência.
O novo sistema mantém corretas as impedâncias e voltagens de trabalho do amplificador, para mudança de potência de saída sem nenhuma alteração no timbre atingido.
Um exemplar deste amplificador pertence ao guitarrista Hernan Gonzalez, da banda “Vera Loca”.

victory90003

- Victory Traveler – mesmo circuito do Victory 45, mas com painel menor, possibilitando construção de um combo 1×12 com menor dimensão (50x50cm)
O cabeçote deste modelo também fica com dimensões reduzidas, evidentemente.

Victory_DA_Serrano_Amps (2)

Victory_DA_Serrano_Amps (1)
- Victory 40 Rectifier
Idêntico ao Victory 45 (vide imagem mais acima), porém com retificação a válvula (5U4), e válvulas de potência 5881. Este, dentre todos os Victory, remonta o mais original circuito da década de 50, e ajuda muito àqueles que utilizam o amplificador em timbre limpo, devido a compressão sonora que a retificadora faz nos circuitos em classe AB como este.

Uma inovação:
Este modelo teve seu circuito desenhado para usar a válvula retificadora 5U4, que possui muito mais compressão do que a 5AR4 do circuito original.
Foi necessário então o redimensionamento da fonte, visto que a 5U4 produz maior queda de tensão, para manter as tensões de trabalho originais do circuito.

- Victory DA
A sigla “DA” significa “dual attitide”.
Este modelo possui algo inédito no mundo dos valvulados para guitarra
O estágio de potência do DA possui duas formas de trabalho que estão à disposição do guitarrista mediante uso de uma chave atrás do amplificador.
As formas de trabalho são “compressão” ou “dinâmica”.
na opção “compressão” o amplificador possui uma compressão/achatamento de sinal na entrada do estágio de potência. Isso transporta o amplificador para os padrões de timbre originais do bassman, que já era um início do padrão para os anos 60.
na opção “dinâmica” o estágio de potência trabalha sem esta compressão de sinal, ganhando uma resposta dinâmica enorme conforme o ataque às cordas da guitarra.
Os harmônicos do estágio de potência crescem de forma notória conforme a dinâmica que o guitarrista imprime ao instrumento. O timbre também ganha uma característica um pouco mais agressiva, mas ao mesmo tempo singular.
O Victory DA é um amplificador que carrega consigo os dois principais conceitos de estágios de potência que foram escolhidos de forma distinta pelos mais diversos fabricantes.
A diferença é que o DA possui os dois mundos, em um amp só.

O Victory 30 6BG6 utiliza as válvulas 6BG6 RCA.
Modelo de 30w utilizando válvulas da família das 6L6 porém mais antigas.
Este modelo foi a grata surpresa do ano de 2016, pois as 6BG6 são um tipo de 6L6G que foi montada em um bulbo diferente, com o contado do anodo (placa) no topo da válvula. Isso foi feito na década de 40 para aplicações que necessitavam de maiores voltagens. Contudo, apesar da pinagem diferente, reside alí dentro uma legítima RCA 6L6 vintage. Muitas delas sendo as veneradas “Black Plate”, que entregam a mais famosa identidade sonora dos amplificadores vintage da Fender e tantos outros.

É como ressuscitar um amplificador com toda sua potencialidade e identidade sonora, como de nenhum outra maneira poderia ser.
Sim, vc poderia fazer o mesmo com um par de 6L6G, se estiver disposto a pagar a pequena fortuna que pedem por um par destas sendo NOS (“new old stock”).
Justamente aí que se faz valer o uso das 6BG6, de mesmíssima sonoridade mas com disponibilidade bem fácil ainda no mercado.
A sonoridade do 6BG6 é, para mim, a melhor obtida até hoje entre todos modelos e válvulas já feitos pela Serrano Amps. O amplificador conquista um limpo de fazer inveja a um blackface e um hot superior a um bassman 59.
Qualquer um destes dois modelos podem ser encomendados no formato “Traveler” (combo compacto 1×12), ou no formato “Victory 30 Rectifier” com painel maior e válvula retificadora.

6bg6004

- Centurion (22w)
este não deixa de ser um amplificador da família Victory também, pois é o mesmo amplificador mas com válvulas menos potentes.
O Centurion utiliza um par de válvulas 6V6 de potência, entregando 22w de potência de saída.
Pode ser feito na versão Traveler, ou com o mesmo painel largo do Victory 45  (4 input jack).

- Centurion 44 SW
assim como o Victory 90 SW, porém com 4 válvulas 6V6 e potência selecionável 22/44w. Feito somente no painel largo tipo Victory 45.

Comments are closed.