• vicda6bg6001

Victory DA – 40w

  • 
O Victory DA é um amplificador de guitarra com característica de timbre limpo mas com possível adição de distorções de pré-amplificação. A adição destas distorções de pré-amplificação é controlável e progressiva à medida que se abre o volume, permitindo maior passagem de sinal. Tais características permitem o uso do Victory DA nos mais diferentes gêneros musicais.

    O Victory DA possui uma chave que muda o estágio de potência para o padrão com compressão  para o padrão com dinâmica.
    Em uma linguagem mais análoga à amplificadores do passado, podemos dizer que dinâmica era característica dos amplificadores da “era tweed”, de meados da década de 50, tais como “Tweed Deluxe” (5E3), “Tweed Pro” (5E5), “tweed tremolux” (5E9). Outros modelos na história também usaram este conceito: Vox AC30, Marshall 18, e todos modelos da linha Matchless.

    Em contrapartida, do lado da compressão podemos elencar como exemplo o Bassman, principalmente, já que é deste circuito que se baseou o Victory. Além do Bassman, outros modelos conhecidos como JTM45, JCM800, linha blackface entre muitos outros. Estima-se que mais de 90% dos amplificadores feitos hoje em dia são com conceito de compressão no estágio de potência, o que, por sua vez, torna os “dinâmicos” ainda mais exclusivos.

    A compressão e a dinâmica são conceitos mutuamente excludentes em um estágio de potência, e por isso a vantagem de ter ambos conceitos à disposição torna o Victory DA um equipamento ímpar na história da amplificação para guitarra. Praticamente dois amplificadores em um só.

  • Circuito base do Bassman 5f6-a (tweed bassman, ano 1959).
    Historicamente, o circuito 5F6-a serviu também de base para fazer amplificadores como Vox AC50, Soldano SLO 100, Sovtek Mig 50, Laney GH100, entre tantos outros. Trata-se do mais consagrado circuito de amplificadores de guitarra dado a sua versatilidade de timbres e resposta fidedigna às características de cada guitarra utilizada.

    O que faz a compressão no estágio de potência é um circuito chamado “loop de negativação”. Os estágios de potência que possuem este circuito acabam por comprimir o sinal de áudio na entrada do estágio de potência. Consequentemente, aqueles que não possuem o loop de negativação não possuem esta compressão de sinal, passando então a ter uma extrema dinâmica.

    Os componentes utilizados na construção do Victory DA são de extrema qualidade, atendendo ao mais elevado padrão de exigência. Uma filosofia de trabalho dos Serrano Amps. Digno de nota são os exclusivos transformadores de saída customizados, que são determinantes na melhora de eficiência e sonoridade.


  • Especificações
    Victory DA
    • Painel

    volume entrada normal; volume entrada bright; treble (agudos), middle (médios), bass (graves), presence (presença)

    • Válvulas

    3 x 12AX7 / 2 x 5881

    • Estágio de Potência

    tipo: push-pull / bias: fixo (negativação de grade), regulável por potenciômetro.

    • Falantes (na opções combo)

    1×12 jensen c12k ou Eminence V128 /  2×12 jensen c12n ou Eminence V128

    • Dimensões

    combo 2×12  68x52x23cm / combo 1×12 58x52x23cm

    • Opcionais

    cabeçote (amplificador sem os falantes) / loop de efeitos passivo / acabamento ART, com cor a escolher / capa-case Serrano Amps

  • power: 2x5881
  • chave dinâmica/compressão
  • preamp 3x12AX7
  • 40w
  • chave bright
  • equalizador 3 bandas
  • presence
  • opção cabeçote