We have much to say

Victory 45, o clássico Serrano.

By Postado em - Victory on julho 12th, 2014 0 Comments serrano_amps_victory_traveler_001

Victory 45 possui a mais clássica dentre todas as arquiteturas de amplificadores de todos os tempos, de forma que as versões de seu circuito são a base para todos os amplificadores de sucesso do gênerorock até hoje.
Ele foi executado pela Fender em 1959 (tendo um outro amplificador muito similar já e linha por algum tempo) com uma válvula 12AY7 no primeiro estágio do pré-amplificador, seguido de 2 válvulas 12AX7 e um estágio de potência com 2 válvulas 5881. A Marshall utilizou, em 1962, praticamente o mesmo circuito sem usar a válvula 12AY7, tendo utilizado então 3 válvulas 12AX7 e um estágio de potência com duas válvulas KT66 (embora o protótipo deste modelo tenha sido testado com as válvulas 5881 também).
Em 1981 a Marshall fez o mesmo circuito com 2 válvulas EL34 no estágio de potência, chamando este novo amplificador de JCM800 modelo “1987”.
Feito com 2 canais com controles de volume independentes mas com equalização comum à ambos os canais (circuito idêntico ao Fender Bassman 1959 ou ao Marshall JTM45).

Victory 45 é um amplificador de guitarra de alta compressão sonora e com característica de possuir um timbre limpo com adição progressiva das distorções de pré-amplificação; dedicado à guitarra principalmente em estilos Blues e Rock.

Pode ser encomendado com válvulas de potência 5881/6L6GC (estilo Fender Bassman), KT66 (estilo Bluesbreaker/JTM45) ou EL34 (estilo Plexi Marshall).

Quando feito com as válvulas KT66 ele adquire uma capacidade ímpar de timbres limpos similares aos dos amplificadores Fender da era “blackface” dos anos 60, mas sem perder sua atitude de timbres mais quentes ao abrirmos bastante o volume de entrada.
Quando feito com as válvulas EL34 ele adquire a característica de ênfase nas distorções das frequências médias, clássico nos amplificadores da linha Marshall Plexi.

Victory 45, é um amplificador “effect friendly“, podendo ser utilizado com êxito todo tipo de pedais de efeito de distorção, saturação e/ou emulação de timbres, bem como pedais de prolongamento de sinal (tal como reverb).

Melhoramentos no circuito:
Victory 45 possui também um controle de master volume, útil aos guitarristas no uso de seus pedais de boost/ganho, propiciando dosar a quantidade destas distorções/efeitos de pré-amplificação ao timbre resultante (similar ao adicionado ao circuito do Marshall JCM800 master volume).
Simulador de retificação valvulada “built-in“, mantendo a compressão característica do circuito.

Os componentes utilizados na construção do Victory 45 são de extrema qualidade, atendendo ao mais elevado padrão de exigência da filosofia de trabalho dos Serrano Amps.

As opções de falante para o Victory 45 são de 1×12” (1 falante de 12 polegadas) ou 2×12” (2 falantes de 12 polegadas), visando atender a diferentes necessidades quanto ao tamanho dos palcos.
A eficiência do transformador de saída customizado confere ao Victory 45uma excelente performance em palcos grandes, inclusive ao ar livre, mantendo seu volume ainda maior do que os amplificadores “vintage” de mesma topologia.


POWERAMP:
Push-pull fornecendo 45w de saída.
Versões disponíveis:
Circuito 5F6-A; tweed bassman 2×5881 (ano de 1959).
Circuito JTM45; 2xKT66 (ano de 1962).
Circuito JCM800 modelo 1987; 2xEL34 (ano de 1981, primeiro JCM800 com 4 entradas).

PREAMP:
4 válvulas 12AX7, sendo:
12AX7; inversora de fase.
12AX7 de placa longa (ECC 803); primeiro estágio.
12AX7 de placa curta (ECC 83); segundo estágio.
12AX7 de placa curta (ECC 83); inversora de fase.

PAINEL E CONTROLES:
Chave ground.
Chave on-off.
Chave standby.

ENTRADA VAC CONFORME MODELO:
Padrão brasileiro 127/220 vac.
Padrão export 120/240 vac.

OUTROS ASPECTOS INTERESSANTES:
Possui dois canais independentes e um EQ comum a ambos.
Controle master volume.
Built-in rectifier tube simulator

Comments are closed.